sexta-feira, 15 de junho de 2018

Miami - Maio de 2018

HOTEL
Fiquei hospedada na casa de uns amigos em Coral Gable. É um local só de casas.


TRANSFER
A melhor opção é alugar um carro!
Nós alugamos um conversível na Alamo. Pegamos esse vermelhinho aí da foto.
Lembre que o porta malas de um conversível é pequeno! Só coube 1 mala grande e uma mala de mão no porta malas.




ROTEIRO
A intenção dessa viagem foi fugir do roteiro típico dos turistas de Miami. Não fomos em nenhum outlet, nem ficamos o dia inteiro em shoppings, além disso, tivemos as dicas preciosas dos nossos amigos que moram lá há 2 anos.



Dia 01
Fomos passeando pela rua cheia de árvores até o Bill Baggs Cape Florida State Park. Lá paga para entrar. Vá até o farol. Lá tem uma praia super calma e morna. Isso mesmo! Temperatura de água da Bahia! Leve seu kit praia e fique por lá!
Dá pra subir no farol (não paga). Além disso tem uma casinha ali por perto pra você visitar.
O parque também oferece outras atividades, dá pra passar um bom tempo lá.


Depois fomos pra Ocean Drive caminhar pela rua e ver gente! Aliás tem cada figura! 
Almoçamos por lá mesmo, naqueles restaurantes "pega turista" e é claro, me arrependi profundamente. 
Recomendo você almoçar no Smith & Wollensky (Atenção homens! Tem que ir de calça) que fica bem perto da Ocean Drive. 


https://www.smithandwollensky.com/our-restaurants/miami-beach/


Depois do almoço fomos passear na Collins Avenue que tem várias lojas interessantes, como Armani, Zara, Sephora,GAP, Garmin, Apple e muito mais.

Depois fomos caminhar no South Pointe Park Pier. É uma delícia de passeio! A vista é linda!


Pra finalizar jantamos no Cecconi's que fica dentro de um Hotel. Amei! Recomendo!


http://cecconismiamibeach.com/
Dia 02
De manhã fomos ao Shopping The Falls (8888 SW 136th St, Miami, FL 33176, EUA) passear e fazer umas comprinhas. O Shopping é VAZIO e ótimo!

Depois fomos a outro shopping o Shops at Merrick Park (358 San Lorenzo Ave, Coral Gables, FL 33146, EUA) para almoçar com nossa amiga. Também adorei! Ele lembra o Bal Harbour.


https://www.shopsatmerrickpark.com/en/directory/

Depois fomos ao Wynwood para ver os muros grafitados. Se puder, vá no horário das 16 horas e fique lá até depois do horário rush de Miami. Lá tem ótimos bares e restaurantes descolados, dá vontade de sentar e não sair mais. Veja a programação do site http://www.thewynwoodwalls.com/ as vezes tem visita guiada.




Depois fomos ao Miami Design District que tem lojas de alto luxo. Vale a pena! O local é muito bonito.


Nós jantamos na casa dos nossos amigos!



segunda-feira, 4 de junho de 2018

New York - Maio de 2018


Hotel

Ficamos no archerhotel.com/new-york
Amei o hotel! Muito bem localizado na 45 West 38th Street, ou seja, você anda meia quadra e já está na quinta avenida. 
Também fica a 322 metros do Bryant Park, a menos de 1 km da Times Sqare e tem Wi-Fi gratuito.
No quarto tem cafeteira Nexpresso com 6 cápsulas (grátis), todo dia eles colocam 2 garrafinhas com água e um biscoitinho pra você. 
No fim do dia a camareira vai até o seu quarto e o deixa preparado pra você dormir. 
Pessoal do hotel é muito amável.
Ficaria lá de novo e recomendo.



Outros hotéis bacanas para ficar:
The Time
Ameritania
Royalton
Park Lane
The  Jewel



Transfer do Aeroporto para o Hotel

Na chegada pegamos um Uber. Foi aproximadamente U$ 50,00, mas fomos do aeroporto de La Guardia, que é um pouco mais perto.
Na volta íamos pegar um Uber, mas antes de fazer a solicitação deu U$ 140 dólares porque era horário de rush, 17 horas da tarde, depois do susto, pedimos pro pessoal do hotel providenciar um Taxi. Deu U$ 65 dólares até o aeroporto internacional JFK e aproximadamente 1,5 hora até chegar lá.
Se você tiver pouca mala vale a pena ir de metrô.


Previsão do tempo
Antes de sair do quarto veja a previsão do tempo no seu celular. Eles não erram. Quando fui o tempo ficou louco. Um dia fazia 28 graus, no outro 15 e no outro chovia.


Roof Top
Tem que ir em algum! A vista lá de cima é linda e quando não tem vista, eles costumam ter um ambiente bem descontraído. Algumas pessoas dizem que tem que se arrumar pra ir, bem ... não foi isso que vi, tinha gente de short, chinelo e aquelas de salto alto.
230 Fith Rooftop Bar - Esse não paga pra entrar. Tem uma vista linda do Empire State. Recomendo!!
Gallow Green - Também não paga pra entrar. Você tem a opção de jantar ou só bar.
Standart Hotel - Não fui! Mas quero ir na próxima
Public Hotels (https://www.publichotels.com/eat-and-drink/the-roof) - Não fui nesse, mas quero ir na próxima vez!! Tem uma escada liiinda na entrada.
Catch - Ótimo para almoçar no rooftop

Restaurantes
Não fomos com um roteiro gastronômico, nós íamos passeando e quando achávamos algum lugar bacana pra comer entrava. Se precisar reservar faça pelo www.opentable.com

Mas vou colocar alguns lugares que fomos:
Sanduíches (www.shakeshack.com) - É bem famoso por lá e você encontra espalhado em todo lugar de New York.
Massa (www.olivegarden.com) - Muito gostoso! Amo o pink juice de lá. Tem na Times Square.
Celline (cellinirestaurant.com) - Amei também! Recomendo.
Chelsea market (chelseamarket.com) - 1001 opções pra comer.
Wasabi Sushi & Bento (561 7th AvenueAt 40th StreetNova York, NY 10036) - Comida japonesa fast food. As badejas ficam prontas na geladeira ou no aquecimento. Você pega e paga. Achei fofo e era na esquina do meu hotel.



Na próxima vez quero ir:
Tao Downtow (https://taodowntown.com/) ou uptown (https://taorestaurant.com/)
Ceccconi's Dumbo (cecconisdumbo.com)
The Standart grill - fazer reserva
Blue Note - Jazz - Paga pra entrar
The Mercer Kitchen - Soho
Balthazar
Bar Pitti
Catch
STK
Buddakan

Lojinhas imperdíveis
Century 21 - É um mega outlet
Macy's - loja de departamento
Ulta Beauty - pra comprar shampoo e maquiagem
Ricky's - produtos de cabelo
What Goes Around Comes Around - Brechó de luxo no Soho


Metrô
O melhor meio de locomoção por NY.
Compre o ticket pra 1 semana, que custa uns U$ 33 dólares e faça quantas viagens quiser.
Dica: Cuidado!! Fique atento porque tem alguns metrôs que são expressos, ou seja, ele pula algumas estações. Mas eles sempre avisam no áudio que é o expresso.

Meu roteiro de 6 dias em New York:

Dia 1
Chegamos às 13 horas no hotel. Como ficamos bem próximos à quinta avenida fizemos o seguinte:
Almoço rápido no Wasabi Sushi & Bento
Bryant Park
Rockfeller Center - Não subi, já que lá tem que pagar. Preferimos ir a um roof toop grátis.  
Magnolia Cupcake - Coma o cupcake de red velvet
Igreja St Patrick
Além disso fomos entrando nas lojinhas que gostamos.

Dia 2

Esse dia choveu muito, por isso optamos ir a um lugar fechado.

Museu de história natural - Lá tem a opção de pagar o quanto quiser. No caixa diga que você quer essa opção. A diferença é que você não tem acesso a todas as exposições. O museu é enorme! Nem senti falta das outras.



Almoço no shakeshack que fica ao lado do museu.

Depois fomo dar uma volta pela Times Square e na quinta avenida.

Noite no roof top Gallow Green. Lá tem a opção de jantar ou de bar. No bar não tem serviço de garçom nas mesas.




Dia 03 

Peguei a dica desse super passeio no blog lalarebelo.com/novayork/ e amei!!!



Fomos de metrô até a BLEECKER STREET que é uma rua bem bonitinha, com prédios em tijolinhos e lojas locais. Parece que você está em outra cidade.
Lá também tem a Magnolia Bakery, “onde tudo começou” (401 Bleecker St and W. 11th St.). Experimente o cupcake de Red Velvet que é o mais famoso.

Fomos subindo a Bleecker St. sentido norte em direção ao Meatpacking District  que tem um monte de  restaurantes, bares, design é muito mais. Lá tem o restaurante Serafina (o mesmo de SP), de comida italiana, mas tinha tanta obra ao lado dele na rua, que desistimos.

Uma ótima opção de almoço é no CHELSEA MARKET lá tem 1001 opções de restaurantes, padarias e lojinhas. Almoçamos no Friedmans Lunch.





Bem pertinho do Chelsea Market tem uma escadaria que vai para o  o HIGH LINE PARK. Vale a pena depois do almoço dar uma caminhada por lá.

Dia 04
Fomos pro Central Park. Ao invés de ficar perâmbulando pelo parque sem saber o que fazer, visite os principais pontos que são: 

- Central Park Zoo: zoológico com diversas espécies de animais (fica na altura E 64th St);
- Alice in Wonderland: estátua de Alice no País das Maravilhas (altura da E 75th St);
- Strawberry Fields: homenagem a John Lennon (altura da W 72nd St);
- Conservatory Garden: jardim muito bem cuidado, fica ainda mais bonito na primavera (E 104th St-106th St);
- Bethesda Terrace: área central do Central Park, com uma fonte famosa, um lago e barquinhos para alugar. É um dos pontos mais tradicionais do Central Park, não deixe de conferir a paisagem aqui (área central do parque, na altura da 72nd St.); 
- Conservatory Water: área frequentada por famílias com crianças, onde costumam haver barquinhos movidos com controle remoto (altura da E 72nd St-75th St);
- Gapstow Bridge: ponte em arco, muito bonita (altura da E 62nd St).
Fomos ao Memorial do 11 de setembro. Só vimos onde ficavam as torres gêmeas, não fomos ao museu (eu não sou muito fã de museu, fico entediada!!). Atravessando a rua tem o prédio Brooksfield, que tem um shooping dentro com lojas de marcas famosas e outras. Se você atravessar por dentro dela vai dar ver essa vista linda (foto abaixo) de New Jersey!


Dali saem passeios de barco, além disso tem uma orla do BPC (Battery Park City). Nós caminhamos por ela e fomos a pé até Wall Street, passamos pelo Touro Charging Bull, que é o maior símbolo de poder da bolsa de valores. Me perdoem os supersticiosos, mas me recusei a tirar foto da bunda do touro, muito menos passando a mão no seu bago! kkkkk


Charging Bull

À noite fomos jantar em um restaurante indicado pelo pessoal do hotel, que tinha um show de blues muito bom (esse não pagava pra entrar).


Anote aí! Show de Jazz imperdível Blue Note. Não fui, mas quero ir da próxima vez.


Dia 05 - a atualizar


Dia 06
Nosso voo era às 22 hs direto pra São Paulo.
Deixamos a manhã para acordar mais tarde e arrumar as malas. Conseguimos um late check out do hotel e saímos às 13 hs. Eles guardaram as malas pra nós.
Fomos direto para Times Square e almoçamos no Oliver Garden.
Demos uma voltinha por lá e depois fomos no
Às 17 horas voltamos pro hotel e pegamos um taxi para o aeroporto. O pessoal do hotel que chamou o taxi para nós. Como era horário de rush demoramos 1 hora e meia pra chegar no aeroporto.
Lá ficamos na sala VIP da American Airlines (https://www.aa.com/i18n/travel-info/clubs/admirals-club.jsp). Vale muuuuito a pena gente! Veja se você tem algum convênio. Muitos cartões dão acesso gratuito para a sala. Lá tem um banheiro super limpo, individual pra você tomar banho. Quando a pessoa saí, eles higienizam tudo antes do próximo entrar.
A comida também é ótima com direito a petiscos, jantar, bebidas alcoólicas e não alcoólicas e sobremesas.

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Trancoso - Novembro 2016

Quando você resolver ir para Trancoso a primeira coisa que você precisa decidir é se vai ficar na cidade ou na praia, isso porque se você for ficar na cidade é bem provável que tenha que pegar um carro para chegar até a praia. Caso você fique no quadrado (área mais agitada da cidade, onde tem os bares, lojas e restaurantes), vai ter que caminhar um pouco até chegar na praia.
Pensando nisso resolvi ficar na praia, mas à 30 minutos de carro de Trancoso. A estrada é de terra e tem que andar à uns 50 km/h.

Ficamos lá 7 dias, sendo 5 inteiros.
Dia da chegada 01 - ficamos na pousada
Dia 02 - Ficamos na pousada
Dia 03 - Ficamos na pousada, no fim da tarde fomos pra Trancoso
Dia 04 - Fomos pra Caraíva cedo e voltamos pra pousada umas 15 horas
Dia 05 - Fomos pra Trancoso no início da tarde
Dia 06 - Ficamos na pousada
Dia de ir embora 07 - Ficamos na pousada, nosso vôo era às 16 horas.

Aluguel de carro

Alugamos um sportage na Alamo. Sempre! O atendimento de lá melhorou muito nos últimos anos.


Pousada Enseada do Espelho - www.enseadadoespelho.com.br

Depois de muito pesquisar em vários sites e blogs, resolvemos ficar nessa pousada, pois a única reclamação que as pessoas tinham era a de "não ter ficado mais". E é isso mesmo!



São apenas 7 quartos, o café da manhã é divino, a comida também, não fica nenhum pouco a desejar dos restaurantes de Trancoso. 



Eles contrataram o chef da Seleção brasileira que ficou lá por 3 meses, reformulando o cardápio e a cozinha. Hoje, o chef é o Ed (Edmilson) que aprendeu tudinho!!! Os garçons Juan, Caio e Júnior são super atenciosos. 



O Sr Mário, proprietário da pousada, está sempre lá, com a Flor (uma arara) no ombro, conversando com os hóspedes e dando dicas preciosas.


Além disso, a praia na frente do hotel é o melhor ponto da praia toda! A maré não é brava e a onda é bem pequena, não atrapalha em nada. E quando a maré está baixa, fica liiiiinnnnndddoooooo!!!!!

Essa foto é da maré bem baixinha, eram 7 horas da manhã.


Restaurantes (todos ficam no quadrado)

Cacau - É considerado o melhor restaurante de lá, mas me decepcionei. Achei a comida bem sem graça, e o prato sem nenhum enfeite.


Capim Santo - Gostei muito! Recomendo.
Entradinhas no Capim Santo

Passeios


Caraíva - Fica a uns 40 minutos de carro da praia do espelho. A estrada é de terra, você anda a uns 50 km/h. Lá não entra carro. Você estaciona e atravessa de barco a remo para a cidade. 


Assim que chegar vá para as barraquinhas dos índios (que de índio não tem nada), onde tem o encontro do rio com  mar. Lá que é bom de ficar. Tem cadeiras e barracas (paga uma consumação de R$ 30,00 pra ficar lá). 


Não deixe de comer o pastel de arraia no Boteco do Pará - www.botecodoparacaraiva.com.br. Só de pensar me deu água na boca. Além do visual ser lindo, pois tem mesa na beira do rio.



quarta-feira, 13 de julho de 2016

Gramado - Julho 2016

Vou postar aqui o que fiz e o que achei do lugar, aí fica mais fácil pra você montar o roteiro da sua  viagem.
Fui em viagem de férias com meus dois filhos (um de 5 e o outro de 1 ano), levei carrinho, brinquedo e muita energia boa.

Pousada
Me hospedei na Pousada Ares da Serra. Gostei bastante! Fica muito perto do centro da cidade, nós sempre íamos caminhando pra lá, já que em julho a cidade fica bastante movimentada e difícil de estacionar. Pra você ter idéia, em menos de 5 minutos você chega no Pastacciuta, Malbec, etc. Com uns 10 minutos você chega na rua coberta (fica em frente à igreja).
Os quartos são bons e muito bem decorados (fiquei no triplex luxo). O café da manhã é bem servido e sempre tem umas tortas lindas e deliciosas feitas por eles mesmos. O estacionamento é gratuito, tem piscina coberta e aquecida (o ambiente da piscina também é aquecido).
O pessoal da pousada é bem solícito e amigável.
O lado ruim é a acústica da pousada. Fiquei no quarto 9, no final do corredor, mas dava pra escutar a pessoa do quarto vizinho falando. Além disso é perto da rodoviária interestadual, aí você escuta o barulho dos ônibus chegando e saindo. Mas nada que fosse um tormento, apenas um leve incômodo.
Me hospedaria lá de novo.

Restaurantes
  • Pastaciutta – Comemos um prato de macarrão com queijo e filet que o garçom disse que servia apenas 2 pessoas, mas veio TANTA COMIDA que dava pra umas 4 pessoas comerem. Fique atento!!
  • Malbec – Amei o restaurante!!!! Fui dois dias. Um dia pedimos à la carte e no outro comemos a sequência de Fondue. Excelente! Recomendo.
  • Restaurante Sabor Rural – Servem um Buffet típico, achei razoável, nada de mais. O local é lindo, um sítio cheio de bichos (pato, coelho, cavalo), um lago e com brinquedos pra criançada. Recomendo ir apenas pra conhecer o local. Dê uma olhada no restaurante, mas acho que tem lugares melhores pra ir.
  • Hoppner – EXCELENTE!!! Comida alemã. Fui no almoço de sábado e eles serviram um “almoço alemão” com entrada, prato principal e sobremesa.  Achei ótimo o custo benefício, além do local ser lindo. É bom fazer reserva antes!! Tem uma “casa de bonecas” para as crianças no lado de fora do restaurante, mas que na verdade é uma brinquedoteca. Eles também servem o chá das 5. Babei nas fotos, mas não consegui ir, essa vai ficar pra próxima vez que eu for a Gramado.
  • Maison de La Fondue – Só tem dois restaurantes que servem fondue no óleo em Gramado. E este é um deles. Apesar disso, comemos o da pedra. Muito bom!
  • Hamburgueria Me Gusta (Canela) – Excelente!!! Gostei muito, hambúrguer caseiro, mas tem vegetariano também. Super recomendo! Só de pensar me deu água na boca.

Onde gostaria de ter ido, mas não deu tempo: Porto dos Piratas (Pizzaria) e Lanches da Velha Bruxa



Passeios
  • Parque Terra Mágica Florybal – É um parque temático com muitos montros, homens gigantes, dinossauros, etc. A parte dos dinossauros é legal. Meu filho de 5 anos ficou com um pouco de medo dos monstros. Tem poucos brinquedos. O mais legal é um escorregador que você vai sentado no cobertor. Tem filme 4 D (pago à parte), um teatrinho de fantoches. Achei um pouco sem graça. Tem um restaurante que serve Buffet e uma brinquedoteca, com aqueles brinquedos iguais as brinquedotecas de shoppings. Daria uma nota 6 (de a à 10). Não iria novamente.
  • Super Carros – Carros bem legais pra você tirar foto e dar uma voltinha na rua. Isso mesmo! Pagando pode tudo!!! Quem mais se divertiu foi o meu marido, nos simuladores de corrida.
  • Alpen Park – É um parque de diversões  com tirolesas, arborismo, muro de escalada, quadricícolo, cinema 4D, trenó de montanha (o melhor do parque!!). Meu filho AMOU!!! Nós compramos o passaporte pro adulto e a criança de 5 anos não pagava.
  • Snowland – Pra ganhar os dois ingressos para o Snowland ficamos 2 horas conversando com uma bonita jovem que tentava nos vender um apartamento no novo complexo de hotéis de Gramado por um valor irrisório de R$ 120 mil reais, o qual teríamos o retorno de R$ 7 mil mensais e mais um pacote vitalício da RCI (um presente de Papai Noel, difícil de acreditar). Pra quem já tinha ido ouvir a mesma conversa fiada no Rio Quente Resort, foi mais fácil digerir tanta baboseira. Claro que não compramos o apartamento, né?! Mas se você ficou interessado, antes de comprar dê uma espiada no site reclame aqui.
A área da neve é bem legal, fica a menos 3 graus e crianças até 4 anos não podem entrar. Dá pra fazer skibunda, ter aulas de ski ou esquiar sozinho. As roupas são emprestadas pelo próprio parque sem custo adicional. Tem uma atração lá dentro bem sem graça, mas meu filho achou legal.
A área aquecida tem restaurantes, patinação no gelo e brinquedos eletrônicos.
Nos dias de chuva a snowland LOTA, porque em Gramado não tem local coberto pra passear.

DICA: Sugiro ir apenas na parte da tarde, a não ser que você seja viciado em esquiar e queira passar 8 horas na pista. Depois das 15 horas as pessoas começam a ir embora e a área da neve fica bem vazia, sem filas. A área da neve fecha às 17:30.

  • Mini Mundo – São réplicas em miniaturas de palácios, igrejas, navios, trenzinhos e outros. Lá tem duas áreas pra crianças brincarem super arrumadinhas. Vale a pena ir e ficar um pouco com as crianças brincando. Tudo muito bem organizado.
  • Aldeia do Papai Noel – Como ir a Gramado sem visitar o Papai Noel? Sim, ele sempre está lá!! As crianças curtem bastante.
  • Vinícola Ravanello – Fica bem próximo a Snowland. Legal pra quem gosta de vinho e não quer ir muito longe. Tem uma visita guiada pra conhecer a fábrica.
  • Lago Negro – Um lugar lindo pra fazer um piquenique, andar de pedalinho, passear um pouco.
  • O Reino do Chocolate – Tem um espaço temático que conta a história do chocolate (sem graça demais), não recomendo. Depois tem uma lojinha e um restaurante pra vender os chocolates.
  • Castelinho (Canela)  – É uma casa antiga, típica de Gramado, mais parecia que eu estava na Fazenda da minha avó, até o fogão à lenha e o sistema de aquecimento era igual . Lá vende o melhor Afapfelstrudel,  ou seja, vá com apetite pra comer, eu fui de manhã, tinha acabado de tomar café.
  • Bondinho aéreo Parque da Serra (Teleférico) – Pra quem está com criança é ótimo, já que o teleférico é fechado e dá pra ver a cachoeira do Parque do Caracol. Um bom passeio, gostei!


Onde gostaria de ter ido, mas não deu tempo: Gramado Zoo

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

O Caribe é aqui! (Janeiro/2014)





A Praia de Ubu, do Município de Anchieta, fica à 92 km de Vitória (ES) e à 30 km de Guarapari (ES). Sou suspeita pra falar dessa praia, pois vou lá desde os meus 7 meses, pois a minha família tem uma casa. Antes era uma vila de pescadores, hoje já está bem diferente, com casas bonitas e outras mais simples.

Não tem lugar pra sair, mas em janeiro, toda sexta e sábado tem show gratuito na pracinha da praia.

Se você quiser ir pra balada e shows indico o Multiplace Mais (www.multiplacemais.com.br) em Meaípe (20 km de Ubu). Esse é show de bola! 



A água do mar é gelada e a areia batida, pois na maré cheia, a faixa de areia fica bem pequena. O visual é lindo, o mar é azul, transparente e limpo. Acho uma das praias mais bonitas do Espírito Santo. É ótimo para crianças, pois a praia é tranquila e vazia, o mar não puxa e as ondas são pequenas. Claro que existem aqueles dias que as ondas ficam maiores, mas é exceção.


Alugam caiaque e stand up padlle - R$ 30 meia hora e R$ 50,00 1 hora





Nesta área com pedras aparece um monte de peixinhos, as crianças adoram!



QUIOSQUES E RESTAURANTES
Tem quiosques ao longo de toda praia que servem bebidas e petiscos. A do PP é a mais organizada.

Peixada do Garcia (www.peixadadogarcia.com.br ) – O prato mais famoso é a peixada, mas confesso que nesses anos todos que vou lá, nunca comi esse prato.


Sorveteria – Picolé do Goiás, tem até de pequi! Muito bom.

Cocada da Dilma - Cheio de doces deliciosos, tudo feito em casa.




HOTÉIS
Nunca me hospedei lá, pois a nossa família tem uma casa nesta praia, mas seguem algumas opções:

Corais de Ubu – www.coraisdeubu.com.br

Pousada Aba Ubu - www.abaubu.com.br

Pontal de Ubu – ww.pontaldeubu.com.br
Esse é o que fica no topo da pedra. O visual lá de cima é lindo


Hotel Aquário – www.hotelaquario.com.br

Uma outra opção é alugar casa. Tem muitas oferecendo aluguel. 
Essa estão alugando para temporada.





segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Pousada do Rio Quente - Dezembro/2013

Fui para Caldas Novas de carro saindo por Brasília. O melhor caminho é o que passa por Goiânia e depois Piracanjuba.

Ganhei as 4 diárias para ficar na Pousada do Rio Quente, depois que fui à uma palestra onde eles apresentam o programa RQVC e depois te vendem um pacote baseado em pontos. A técnica de venda é sensacional, a pressão é bem grande para você comprar o produto. Caso você compre, lembre-se, tem 7 dias para cancelar e receber o seu dinheiro de volta. 

Não recomendo a compra, pois quem tem não consegue marcar as diárias no Resort, além disso, você não pode marcar para 2 ou 3 dias, tem que ser sempre a semana inteira. Consulte o www.reclameaqui.com.br antes de ir a uma palestra dessas, quem sabe eles melhoram um dia.

Fiquei no Cristal, eles dizem que é 6 estrelas, mas avalio como 3.
Assim que você chega, tem que comprar o café da manhã, almoço ou jantar, pois caso contrário você perde os 30% de desconto. O café da manhã só pode ser comprado para todos os dias da sua estadia, eles não vendem 1 unidade, por exemplo. Já o almoço ou o jantar você pode comprar quantos quiser, não tem restrição. Pressão pura! Conheço gente que comprou o almoço depois e pagou com desconto. Não fiz isso, não quis arriscar, fica ao seu critério.

O restaurante do Cristal é razoável, um bandejão, nada de mais. Mas com certeza não é um restaurante de 6 estrelas, aliás está bem longe disso.


Os quartos são bons, confortáveis e grandes. Achei o serviço do complexo ruim, com exclusão das camareiras que deixam seu quarto super arrumado e fazem bichinhos com as toalhas.









Não vá à pizzaria do complexo, a que fica perto da piscina das crianças. A pizza é horrível!

A piscina do Cristal é ótima e linda, com borda infinita com vista para as árvores!



A estrutura do hotel é boa, com carrinhos de golf que te levam para praia, ônibus que te levam para os outros hotéis e piscinas.

A comida e bebida do hotel é muito cara.

As piscinas mais antigas fedem a xixi, infelizmente as pessoas não vão ao banheiro ...

Já as piscinas do Hot Park são boas, precisa de uma limpeza pra tirar o lodo do fundo.

Complexo infantil do Hot Park


A praia é bem legal e tem areia em uma parte.



A água é quente! Até da praia é quente. Muito bom! As crianças adoram.

Roma em 8 dias - Novembro/2013

Dicas para quem vai ficar 8 dias em Roma.
         

Chegamos em Lisboa as 5:25, horário local e pegamos um vôo para Roma às 7. Chegamos em Roma às 11 da manhã, apesar de ser 3 horas de vôo, Roma tem 1 hora a mais que Portugal.

Fomos em novembro, período que normalmente chove em Roma, mas em compensação é a cidade é "menos cheia". Veja o clima da cidade antes de marcar a sua viagem, pois em Roma, a maioria dos monumentos é a céu aberto e tem que andar bastante pelas ruas pra conhecer a cidade.

Contratamos um transfer pela Elmocar (www.elmocar.com) para o hotel. Foi 50 euros, a pessoa fala português e vai te contando um pouco da história de Roma e te mostrando alguns monumentos. Além disso você paga o preço previamente contratado na hora.

HOTEL
Ficamos no Hotel Rome Kings (www.romekingsrelais.com), fica na Via Francesco Crispi nº 10, Spagna, muito perto da Fontana de Trevi. Muito bem localizado. O hotel é simples, tem um preço justo, lembra o Ibis do Brasil. O café da manhã também é simples. Todo dia às 17 horas tem um happy hour com champagne e belisquetes na recepção do hotel. A única coisa que achei ruim é o barulho, pois as paredes são finas, de gesso, então você escuta tudo do quarto ao lado. Tem uma escada para chegar na recepção do hotel e um elevador bem pitoresco para chegar nos quartos, daqueles que você mesmo fecha a porta de dentro. Tive a sensação em ser moradora de Roma, pois você fica com a chave da porta principal que dá para rua.
 
Vista da janela do meu quarto
Entrada do hotel
 




Happy hour do hotel - Grátis!


                                                                               
Primeiro dia (sábado): 
Almoçamos na Hostaria Romana, por indicação da recepcionista do hotel. A maioria dos pratos gira em torno de 19 euros, a especialidade é massa e o prato mais pedido é o macarrão a lá carbonara. Adoramos o atendimento.



Depois fomos caminhando e passamos pela Fontana del Tritone, na Piazza Barberini, andamos na via Barberini, fomos à igreja Santa Susana ver a Santa Maria della Vittoria, depois caminhamos na Via Veneto, depois ao parque Vila Borguese. O interessante é alugar uma bike para dar uma volta no parque, já que ele é muito grande. À noite demos uma passada na Fontana di Trevi.

Santa Maria Della Vittoria

Via Veneto


Parque Vila Borguese

Alugue uma bicicleta!


Jantamos no Hard Rock café. Os restaurantes mais famosos costumam ficar lotados , portanto, faça sua reserva antes.
Hard Rock
Fontana di Trevi ....

Lotada! É assim todos os dias.
Tem que jogar a moedinha na fonte de costas para você voltar um dia à Roma.
Em Roma, o interessante é ver e conhecer os monumentos, pra isso tem que caminhar bastante. Venha preparado fisicamente!


Segundo dia (domingo): 
Todo domingo tem o Angelus do Papa, onde ele fala (em italiano) por 15 minutos ao meio dia em ponto na janela dos seus aposentos. É muito emocionante, vale a pena. 


Na quarta feira ele anda no meio do povo com o papa móvel.

Contratamos a guia turística brasileira pelo site http://guiaderoma.blogspot.com.br/, o nome dela é Patricia, ela sabe tudo! Fomos ao Coliseu, depois no Palatino (lá tem o Foro Romano e o Arco de Settimio), depois fomos na Praça Venezia, onde tem a Prefeitura. Só esse percurso teve a duração de 3 horas. Até aqui tivemos a companhia da guia Patricia.
Coliseu

Dentro do Coliseu
Palatino

Prefeitura na Praça Venezia

Depois fomos andando para a Islola Tiberina, caminhamos pela Vila Trastevere e jantamos por lá, no Restaurante gostosinho da Grazia & Graziella (www.graziegraziella.it).
Entradinha delícia! Hummmm.







Terceiro dia (segunda): 
Hoje o dia foi de muitos passeios pelas ruas da cidade, andamos muito. Vamos aos pontos visitados.
- Piazza di spagna
- Andamos pela via condotti.
- Antico Café Greco - tem a decoração original
- Andamos pela Via Margutta
- Piazza del populo - as 3 principais ruas caem nessa praça. Aqui tem o portal principal de entrada da cidade.
- igreja Santa Maria del Populo - veja 3 telas de Caravaggio
Pegamos um micro ônibus para o próximo passeio.
- Fontana de Trevi
- Piazza Colona
- embaixada da França
- Sorveteria Giolitti - excelente!
- sorveteria Grom - 
- Restaurante Lá Rosetta - aqui tem peixe e frutos do mar fresco diariamente
- Phanteon - veja a tumba de Rafaello Sanzio
- igreja .......
- Piazza navona
- campo de fiori
Até aqui tivemos a companhia da nossa guia particular. Esse percurso durou 3 horas.
- Forno (fica no Campo di Fiori) - pizzaria pra comer em pé. Muito boa.
- andamos na Via del governo vecchio - veja o edifício número 104 e 106.
- sanduíche na Il Fornaio
- palazzo di Giustizia



Quarto dia (terça):









Quinto dia (quarta):
Guarde os ingressos dos lugares turísticos pois eles valem para mais de 1 lugar, veja abaixo (leia as letras pequenas na parte de baixo do ingresso)


Vale 1 entrada caracala, 1 metella e 1 quintili


- Termas de Caracala - pagamos um audioguide pra entender melhor o local.
- Circo Máximo
- Boca della veritá
- .... Do Marcelo
- almoçamos numa birosca perto desse ... Do Marcelo. Caro e mais ou menos. Sanduíche a 5 euros e refri 4 euros
- igreja Regina colei
- Subimos no no elevador panorâmico que fica na Ara Coeli - Ala Brasini, piazza del campidoglio (Convento Ara Coeli)
- igreja do elefante
- castelo de santangelo
- Jantamos no Cantina e Cuccina (www.cantinaecucina.it) - muito bom!




- sobremesa no Grom (sorveteria) - boa.


- igreja francesa - ver os caravaggios
- monumento Vittorio Emanuelle II
- basílica Di S. Maria In Via Lata
- jantar no Napoletano's - fica na Piazza Della Rotonda, 12 em frente ao Phanteon.

Sexto dia (quinta):
Vaticano - Fomos ao Vaticano acompanhados da Guia Patricia contratada pela internet. Ela quem comprou nossos ingressos. Não deixe para comprar o seu na hora, pois tem época que as filas são gigantescas. Compre pela internet. Achei ótimo a companhia dela, pois ela vai direto ao ponto, mostra aquilo que tem que ser visto. O vaticano é muito grande dá pra passar o dia inteiro lá.
- Necrópoles do Vaticano - Esse passeio é muito interessante, você vai embaixo da Basílica de São Pedro para ver as tumbas de cristãos e pagãos e aquilo que eles acreditam ter sido enterrado São Pedro. Lá embaixo é muito quente e apertado, se você tem claustrofobia NÃO VÁ! Não é tão fácil conseguir um passeio, tem que marcar com antecedência por e-mail.


Sétimo dia (sexta):

Oitavo dia (sábado):


Uma tarde em Lisboa (domingo):




Na volta para o Brasil, pegamos um voo para Lisboa e dormimos lá, pois no dia seguinte cedo era o nosso voo de volta para Brasília, ou seja, passamos a tarde passeando por Lisboa sem rumo, pois já conhecíamos a cidade. 


Rua Augusta - Comprinhas!

Café "A Brasileira" - Tem que visitar

Hotel - Ficamos no Hotel das Letras na Rua castilho 6-12 (www.eurostarshotels.com), 5 estrelas e muito bom. Só dormi lá, nem cheguei a tomar café da manhã porque saí muito cedo. 




Restaurante - Jantamos no As Salgadeiras (www.as-salgadeiras.com), no Bairro Alto, excelente! Muito Bom! Recomendo. Peça bacalhau. As entradinhas também são uma delícia.